Descubra como estruturar RH em pequenas e médias empresas

Você sabia que estruturar RH em pequenas e médias empresas não é impossível e pode impactar positivamente no seu faturamento?

Sim, as pequenas e médias empresas podem se beneficiar, e muito, ao estruturar RH. Apesar dos desafios iniciais, a tarefa é possível e garante a melhoria de todo o negócio. Por isso, se você é empreendedor, líder ou profissional de RH, vale a pena conferir esse artigo.

Ao longo desse texto traremos para você algumas ações básicas que precisam ser levadas em consideração na hora de criar um RH do zero. Além disso, essas ações também podem te ajudar a aperfeiçoar o departamento do seu negócio, caso ele já exista.

Você está preparado?

É possível sobreviver sem um RH?

Sabemos que no começo é inviável colocar algumas iniciativas em prática ou até mesmo contratar uma equipe completa. Afinal, as pequenas e médias empresas precisam enfrentar grandes barreiras para manter o negócio ativo logo nos primeiros anos.

Entretanto, quando paramos para pensar em competitividade e produtividade, o RH pode ser um grande aliado nesse processo de sobrevivência. São os profissionais de recursos humanos que garantirão a contratação, desenvolvimento e retenção dos colaboradores adequados para mover a empresa.

Ou seja, sem um rh estratégico, as chances do negócio ver os resultados congelados ou avançando com dificuldade são grandes.

Por onde começar?

Pode até parecer clichê para algumas pessoas, mas o primeiro passo para estruturar um RH de qualidade é pensar na estratégia. O profissional responsável por implementar esse departamento precisa conhecer a estratégia geral da empresa.

O que a empresa quer alcançar? Quais são as ambições do negócio? Essas são perguntas vitais que todo gestor de pessoas precisa fazer. Elas servirão de base para estruturar inúmeros objetivos, planejamento e ações.

Lembre-se que a estratégia geral existe em todas as organizações, independente do tamanho. A partir dela, o RH poderá pensar em maneiras de contribuir para essas conquistas. Um exemplo é a melhoria e desenvolvimento dos profissionais de vendas em uma empresa que depende desse departamento para crescer e se consolidar no mercado.

Ao finalizar a análise da estratégia, o profissional responsável deverá pensar em ações tangíveis que possam gerar resultados assertivos, partindo para a estruturação de um planejamento de RH. Nesse momento, será necessário pensar em questões financeiras, recursos disponíveis (humanos e físicos), prazos, etc.

Crie processos e organize as políticas

A princípio podem parecer poucas as funções vinculadas ao RH, mas não se engane. Hoje, esse é o departamento mais importante das organizações e grande parte das atividades e processos acabam passando por ele em algum momento. Por isso, a organização é essencial.

Para facilitar a visualização dos pontos críticos que precisam ser desenhados e estruturados na empresa, pegue papel e caneta e comece a colocar todos os processos que precisam de atenção: recrutamento & seleção, folha de pagamento, benefícios, questões tributárias, treinamento, desenvolvimento, avaliação de desempenho, avaliação do ambiente, estruturação e disseminação da cultura organizacional, comunicação interna, entre outros.

Selecione aqueles que estão diretamente relacionados com as estratégias listadas anteriormente e trace um plano de criação para esses processos. Por exemplo, para recrutamento & seleção será indispensável padronizar formulários e entrevistas que ajudem a identificar o perfil dos candidatos (crenças, valores, habilidades, ambições, comportamentos) e as suas competências técnicas (formação, conhecimento de ferramentas, experiências profissionais, etc).

Vale reforçar que o recrutamento & seleção é uma das etapas mais importantes dentro das pequenas e médias empresas. Por ser a porta de entrada dos profissionais para o negócio, ela precisa ser assertiva e garantir que os melhores candidatos serão selecionados. Isso ajuda a melhorar o faturamento e produtividade da empresa, ao mesmo tempo em que favorece a diminuição dos custos com turnover

Reduza os custos com a tecnologia

Essa é uma dica de ouro. Sabemos que pequenas e médias empresas costumam ter equipes e orçamentos curtos, o que acaba inviabilizando a implementação de muitas ações que ajudam na sobrevivência do negócio.

Uma das formas de fugir desse cenário é utilizando os sistemas de RH. Eles ajudam as empresas a realizarem diversas atividades vitais, como, por exemplo, recrutamento & seleção, mensuração de metas e aplicação da avaliação de desempenho.

Aqui na Peex Brasil, nós temos um sistema que pode te ajudar a mensurar e acompanhar a evolução produtiva de cada colaborador. Quer saber mais? Clique aqui. 

Confira também:

3 práticas de RH para pequenas empresas

Por que o sistema de RH da Peex Brasil é a melhor opção?