colaboradores tóxicos

Ter colaboradores tóxicos nas equipes é, sem dúvida, um grande problema para qualquer organização. Afinal, não são poucos os problemas que esses profissionais podem causar no ambiente. Além de desmotivar os demais colaboradores, evitando um engajamento maior, eles contribuem para a baixa produtividade.

Por isso, é crucial que os líderes e outros profissionais possam compreender as ações das pessoa tóxicas. Com isso, será mais fácil contornar as situações e agir preventivamente com os demais membros da equipe.

Continue a leitura e descubra 5 coisas que todos os colaboradores tóxicos fazem. E lembre-se o líder possui papel decisivo diante dos comportamentos espalhados em sua equipe.

A sua equipe possui colaboradores tóxicos?

Os colaboradores tóxicos são aqueles que geram efeitos nocivos no ambiente de trabalho, de forma geral. Essas implicações podem ser psicológicas ou produtivas. Em casos extremos, onde não há identificação e atitudes corretivas por parte dos líderes, bons colaboradores podem se desligar da empresa.

Afinal, quem aguenta conviver durante muito tempo com pessoas negativas? Profissionais de alta performance que estão voltados ao aperfeiçoamento, valorizam ambientes harmônicos e construtivos. Reclamações, negatividade e confusões dificultam a construção de carreiras ou até mesmo engajamento.

Por isso, se você identificar algum dos comportamentos a seguir na sua equipe, talvez seja hora de ficar atento. Evite que os colaboradores tóxicos espantem os seus talentos.

1. Enxergam apenas os problemas

Atualmente, as empresas costumam realizar inúmeras ações voltadas para o bem estar dos colaboradores. Sejam elas relacionadas a saúde, desenvolvimento, eventos de confraternização ou até mesmo bonificações.

Entretanto, independente da boa intenção por trás da ação ou do investimento realizado, os colaboradores tóxicos costumam enxergar apenas os problemas dessas atitudes. Eles não conseguem valorizar o que foi realizado ou os benefícios que receberam.

Para esse grupo de profissionais, os problemas predominam em todos os momentos, por menores que possam ser. Vale lembrar que toda essa negatividade e pessimismo podem impactar nos outros membros da equipe que ficaram satisfeitos com o ocorrido. Por isso, tenha atenção redobrada.

2. Desentendimentos frequentes no convívio com os demais

Os colaboradores tóxicos costumam focar apenas nas próprias opiniões ao mesmo tempo em que distorcem comentários recebidos. Por isso, é comum haver desentendimentos frequentes nos ciclos de convívios.

A falta de compaixão aliada com a má interpretação e a crença de que todos estão contra eles são fatores que estimulam ainda mais os conflitos. E o resultado disso tudo? Perda de produtividade e desempenho de forma geral.

3. Ocupam o papel de vítima

Dificilmente esses profissionais assumem a responsabilidade por suas ações ou comportamentos. Os colaboradores tóxicos ocupam papéis de vítimas, acreditam que não são reconhecidos por seus esforços e que tudo de ruim acontece com eles. Para eles, todos ao seu redor estão, de alguma forma, querendo prejudicá-los.

4. Reclamam de todas as ações

Essa atitude reforça a primeira. Tudo que a empresa ou que o líder fizer, seja uma ação boa ou ruim, será motivo de reclamação. Raramente você verá um colaborador tóxico elogiando alguma iniciativa ou reforçando como determinada iniciativa é positiva para a equipe.

Também é frequente reclamações em relação as atividades, metas, colegas de trabalho, líderes, clientes e tudo que estiver ao seu redor. Reflita se você já conheceu ou ouviu falar sobre um profissional com esse comportamento. Em sua opinião, quais as consequências que ele pode trazer para a motivação do departamento?

5. Espalham a negatividade no departamento

Em suma, os colaboradores tóxicos demonstram comportamentos nocivos, espalhando negatividade e pessimismo para toda a equipe. Quanto mais tempo eles ficarem em contato com os demais profissionais, maiores as chances da equipe passar a aderir os hábitos de reclamar e ver os pontos negativos.

E agora, o que fazer?

Você identificou algumas dessas atitudes nos membros da sua equipe? Se a resposta for sim, comece a tomar ações o quanto antes. Ter a consciência de quem são os colaboradores tóxicos e quem são os seus talentos é importante para que você possa começar a blindar os bons profissionais da sua equipe.

feedbacks construtivos para os profissionais, acompanhe de perto os seus comportamentos e valorize aqueles que estão alinhados com a cultura organizacional existente. Nos casos críticos, vale a pena pensar a respeito de desligamentos para evitar que a rotatividade comece a aumentar no departamento.

Gostou? Inscreva-se em nossa newsletter e receba mais conteúdo para turbinar a gestão da sua equipe!

Para saber como mapear os comportamentos e desempenho dos seus colaboradores, entre em contato com a Peex Brasil. Conheça nosso sistema de avaliação de desempenho e as soluções que ele pode oferecer para a sua empresa.

Outros conteúdos que você também vai querer ler:

Descubra como pode ser fácil incentivar o protagonismo do colaborador

Você conhece as principais características de uma gestão de pessoas eficiente?

3 dicas para diminuir o turnover e sair do prejuízo